segunda-feira, 7 de junho de 2010

Pastor e família são atacados

No dia 28 de maio, 12 homens armados atacaram um pastor e sua família em Smundri, Paquistão. O pastor Mubarak Masih e sua família foram atacados depois que Shaid Masih, o sobrinho do pastor, de 13 anos, se recusou a ler alguns versos do Alcorão, mesmo sendo pressionado por seu professor.Os muçulmanos bateram na cabeça do pastor com paus e barras de ferro; quase mataram seu irmão com tiros, e quebraram o braço da mulher dele.Em uma declaração para a International Christian Concern (ICC), a família disse que Zufair Gujhar, professor de Shaid, é um muçulmano fundamentalista, que força seus alunos cristãos a lerem o Alcorão e outros livros muçulmanos. Ele pressiona os alunos a aceitarem o islamismo.O pastor Mubarak, um pastor da Igreja de Deus, “Continuaremos nosso trabalho missionário a qualquer custo e ninguém poderá nos parar”.A família relatou o incidente para a polícia, mas eles não tomaram nenhuma atitude contra os criminosos. Tradução: Missão Portas Abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário