sábado, 8 de maio de 2010

PAPA ACEITA RENÚNCIA DE BISPO QUE BATIA EM CRIANÇAS

O bispo Walter Mixa, de Augsburg, disse ao Papa em sua carta de renúncia, enviada no mês passado, que sua diocese precisa de um “novo começo”.
O bispo havia primeiramente negado ter batido em crianças em um orfanato católico nos anos 70 e 80, mas depois admitiu que pode ter dado tapas nelas, e pediu desculpas.
Depois de semanas negando as acusações, ele disse que “sentia muito por ter causado sofrimento a várias pessoas”.
Em sua carta ao papa, ele pediu o perdão de “todos aqueles a quem eu possa ter sido injusto e àqueles que possa ter causado tristeza”.
O bispo disse que estava “totalmente ciente” de sua própria “fraqueza”.
Investigações
Em um curto anúncio, o Vaticano não citou as razões pelas quais aceitou a renúncia.
A Igreja também começou uma investigação sobre supostas irregularidades financeiras em um orfanato que estava sob controle do bispo Mixa, em meio a rumores de que enormes quantias foram gastas em pinturas antigas, móveis de jardim e vinho.
O bispo, no entanto não foi acusado de abuso sexual.
A Igreja Católica está sob forte pressão por causa de acusações de abuso sexual cometido por padres em várias partes do mundo. fonte bbc brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário