terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Pastor agride mulher em casa e vai preso

Um pastor evangélico, 31 anos, agrediu a esposa, 36 anos, com socos na madrugada do dia 10 dentro do apartamento do casal, em Uberlândia.

A mulher chamou a Polícia Militar e o homem foi preso, enquadrado na lei Maria da Penha.

Segundo informações dos policiais que atenderam a ocorrência, uma discussão entre eles levou o pastor a perder a cabeça e agredir a mulher com murros na cabeça, no estômago e na boca dela, onde houve um pequeno corte. O casal tem quatro filhos sob custódia de parentes.

O pastor não quis dar declarações à reportagem do CORREIO de Uberlândia, mas disse que nunca havia sido preso antes. O delegado de plantão arbitrou fiança de R$ 1 mil para liberá-lo.

Fonte: Creio

Nenhum comentário:

Postar um comentário