segunda-feira, 8 de março de 2010

MULHERES BRASILEIRAS ENGAJADAS COM A CAUSA DA IGREJA PERSEGUIDA

“Nesse mês que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, só tenho a agradecer a Deus pelas centenas de mulheres brasileiras que se engajaram em favor das mulheres da Igreja Perseguida”. Com esse agradecimento, Elizabeth Banov, coordenadora do “Mulheres do Caminho” – ministério da Portas Abertas, iniciou seu relato sobre os quatro dias que passou na cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, divulgando o trabalho. Durante esses dias, Elizabeth visitou a Comunidade Evangélica Luterana, a Associação Peniel, Igreja Cristã Cruzada Evangelização e a 2ª. Igreja Presbiteriana Independente.“Tive a oportunidade de falar também sobre o Ministério na rádio FM Boas Novas, em entrevista que durou 1 hora”, alegra-se Elizabeth. As igrejas visitadas já conheciam o trabalho da Missão Portas Abertas, mas não o ministério de mulheres. Segundo a coordenadora, o Ministério foi muito bem aceito, com um número expressivo de adesões e de renovações de cadastros. Em todos os locais visitados houve interesse das mulheres em receber mais informações e de saber como envolver-se nesse ministério.“Tivemos momentos de oração e intercessão pelas mulheres da Igreja Perseguida e um dos mais marcantes aconteceu na reunião de senhoras da Associação Peniel”, emociona-se Elizabeth. Elas formam um grupo interdenominacional que se reúne com o único intento de orar e agradecer a Deus por suas dádivas na semana.Através desse ministério, Deus tem levantado mulheres comprometidas a orar simplesmente porque crêem que a oração fará grande diferença na vida das mulheres que vivem em países onde é extremamente perigoso e difícil professar a fé em Jesus Cristo. Desde junho do ano passado, quando teve início no Brasil, o “Mulheres do Caminho” já conta com mais de mil mulheres cadastradas, fato comemorado por Elizabeth. “Formamos um grande clamor através da oração. E sabemos que isso faz toda a diferença para nossas irmãs nos quatro cantos da terra”, finaliza a coordenadora.Aniversárioem maio será comemorado o aniversário de um ano desse ministério. Para celebrar essa data, a Missão Portas Abertas receberá Didi Coman, uma holandesa com grande experiência e atuação junto às mulheres da Igreja Perseguida. O encontro será em São Paulo. Fonte: Missão Portas Abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário