segunda-feira, 25 de abril de 2011

Igrejas evangélicas de Taboão sofrem assaltos

As igrejas evangélicas de Taboão da Serra, em São Paulo, estão na mira dos vândalos e ladrões.

Nos últimos meses pelo menos 8 igrejas da cidade sofreram furtos em vários bairros da cidade. Na maioria delas os acusados entraram durante a madrugada e levaram instrumentos musicais e equipamentos de som entre os quais estão microfones, amplificadores e caixas de som. Para se proteger da onda de assaltos as igrejas e os membros agem como podem reforçando as fechaduras e até mesmo instalando modernos sistemas de monitoramento e alarme.

Os roubos acontecem em igrejas de vários tamanhos e locais. Entre os bairros que já sofreram esse tipo de ação estão o jardim Salete, São Judas, Jardim Roberto, Jacarandá, Pirajuçara. Por conta do número crescente de assaltos os pastores querem chamar a atenção do comando geral da Polícia Militar da região e agendar uma reunião a fim e discutir os assaltos nas igrejas.

O integrante de uma igreja do jardim Salete vítima da ação dos assaltantes disse que eles foram em busca dos instrumentos musicais. Segundo ele, os equipamentos foram comprados com a ajuda de todos os membros da igreja. “O prejuízo aqui foi grande. Não ficamos sem realizar os cultos, mas de uma só vez perdemos tudo o que passamos anos para comprar”, lamentou, acrescentando que a igreja não prestou queixa do roubo apenas decidiu reforçar as fechaduras para evitar novos ataques. “Vamos instalar alarmes”, adiantou.

Foi durante a madrugada que os assaltantes entraram numa igreja do Jacarandá e levaram todos os instrumentos, entre eles contra baixo, guitarra, violão, os pratos da bateria, caixas de som, mesa de som e o raque de potência. O crime aconteceu há seis meses, mas até agora os prejuízos permanecem.

Nas proximidades do jardim São Judas os criminosos entraram na igreja pela janela e levaram todo o material usado na santa ceia foi levado, os equipamentos de som e vários instrumentos.

No Jardim Roberto uma igreja pertencente a uma denominação centenária foi arrombada. Segundo os dirigentes os acusados levaram mais de R$ 20 mil em equipamentos de som e instrumentos musicais diversos.

No jardim São Judas uma igreja que está instalada no bairro há mais de quinze anos teve suas portas arrombadas. Os assaltantes levaram do local várias ferramentas de pedreiros que trabalhavam na reforma do prédio da igreja. Eles ainda destruíram bancos e várias portas a procura de mais objetos para roubar.

Os responsáveis pelas igrejas que prestaram queixa na polícia reclamam que os assaltos não foram devidamente investigados. Eles dizem que mesmo quando um dos pastores de Taboão da Serra sofreu um sequestro relâmpago na divisa da cidade nada foi feito. Na ocasião os criminosos forçaram o pastor a fazer saques nos cartões de credito pessoal e dos cartões da contas da igreja.

Fonte: Jornal na Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário